É assim tão difícil a agricultura Biológica?

Quando iniciámos esta aventura e fomos conversando com várias pessoas da área da agronomia e da agricultura biológica, fomos sempre ouvindo: "Os mais jovens sem conhecimentos de agricultura tornam-se, de uma forma geral, os melhores agricultores biológicos. Porque não têm os vícios antigos.". Isto era algo que nos dava muita força e motivação, mas seria mesmo assim? Porque seria assim?

Hoje podemos dizer que talvez seja mesmo assim, isto porque a agricultura biológica tem três premissas fundamentais, que são ter a consciência da sua importância a nível da saúde humana, do ambiente do nosso planeta e da sustentabilidade da nossa sociedade. Sendo assim, quem se inicia a produzir em modo de produção biológico, só vê através desse objetivo e só atua sob o contexto que o permite alcançar. Sendo assim molda inicialmente a sua forma de actuar para cumprir com estes objetivos.

O mais engraçado é, quando vamos iniciando a cultura de um produto no qual é a primeira vez que o fazemos, não faltam pessoas conhecedoras das doenças e pragas que atacam essa cultura e os produtos que existem para combater. Mas quando falamos sobre, as necessidades nutricionais, as condições ideais de cultivo, as consociações mais favoráveis e os métodos preventivos, são poucas as pessoas que sabem dizer. Este é o espelho do que está errado nos métodos agrícolas em Portugal.

Temos que dar um passo de cada vez, o nosso é mostrar a quem nos rodeia que conseguimos produzir de tudo, com mais qualidade, mais rentabilidade e com maior sustentabilidade, contribuindo assim para um planeta melhor. Parece fácil e é fácil, basta acreditar.


154 visualizações

© Courela dos Pegos produção e comercialização de hortofrutícolas e transformados sempre de origem biológica. Marca registada. Rua dos Quatro Marcos Pinhal Novo, Palmela 

Contactos: geral@coureladospegosbio.com ou 918414885